Este espaço adiantou, nas matérias anteriores, que o Ministro da Economia, Paulo Guedes, havia anunciando durante um evento a intensão de prorrogar o auxílio emergencial.

Veja também: Magazine Luiza: vagas para o Centro do Rio, Ipanema, Pavuna, Madureira…

A princípio, a informação foi finalmente confirmada por Paulo Guedes, de acordo com o jornalista Igor Gadelha. Com isso, o Auxílio Emergencial só deve acabar em outubro de 2021, mas nas mesmas parcelas entre R$ 150 e R$ 375.

O valor, em média do benefício, é de R$ 250 para o público geral. Mães chefes de família, “carreira solo”, tem direito a R$ 375. Já quem mora sozinho, recebe R$ 150.

Uma media provisória deve ser apresentada nos próximos dias anunciando a prorrogação do benefício. A definição pela antecipação do benefício foi tomada no Palácio do Planalto reunindo alguns ministros.