Polícia prende homem suspeito de fazer cirurgias plásticas nos fundos de academia em Santa Cruz

Veja também

A Polícia Civil prendeu na última quinta-feira (2) um homem apontado como falso médico que fazia ilegalmente cirurgias estéticas na Zona Oeste do Rio, incluindo procedimentos de lipoaspiração. Agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) e da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) trabalharam nas investigações que levaram até Oscar Menezes Netto.

Os investigadores começaram a atuar no caso após receberem mensagens vindas do Disque Denúncia. A partir daí, conseguiram localizar dois locais onde ele atuava: um consultório odontológico e uma sala de uma academia de ginástica.

Na internet, ele anunciava os serviços que oferecia e prometia “barriga chapada”.

“Se você tem interesse de fazer minilipo, minilipo a R$ 1 mil. Esta promoção só é valida até dia 30 desse mês”, diz Oscar em um vídeo postado nas redes sociais.

Oscar foi preso pelos agentes durante uma consulta em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Ele tinha materiais cirúrgicos no local.

“Duas policiais minhas se passaram por pacientes, marcaram consulta através da rede social, onde ele fazia toda propaganda sem o menor pudor”, afirmou a delegada Daniela Terra.

As policiais usaram uma microcâmera e ele confirmou a elas ser médico.

Ele acompanhou os policiais até a casa onde vive. Lá, ele guardava medicamentos de uso controlado.

“Pode ser usado por médico e não por ele que nem médico era, então ele foi preso por tráfico de drogas porque estes produtos estão no hall de produtos que não podem ser vendidos, não podem ser consumidos por qualquer um”, afirmou a delegada.

Deixe uma resposta

Mais Notícias

Spdm anuncia vagas para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz

Emprego - A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) está com o processo seletivo aberto para cargos...

Mais artigos como este

Spdm anuncia vagas em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio Abundância de Gracyanne Barbosa choca a web Frente fria histórica vai derrubar a temperatura no Brasil Coca-Cola e Grupo Macro abrem vagas no Rio Frente fria deixa Rio em estágio de mobilização