26 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Polícia investiga execução a tiros de jovem em Barra de Guaratiba

Must read

Rio – A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) investiga as circunstâncias da morte de Leonardo dos Reis do Nascimento, de 24 anos, executado a tiros na Estrada Roberto Burle Marx, em Barra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio, na noite de terça-feira (14). Segundo informações, Leonardo estava em uma moto quando foi abordado por criminosos armados, que realizaram diversos disparos contra ele. 

Uma das linhas de investigação é de que o jovem tenha sido alvo de milicianos que atuam em Guaratiba. O grupo paramilitar tenta impedir a entrada de traficantes da Vila do João, na Maré, Zona Norte do Rio, na localidade, dominada atualmente pela milícia. O plano de implementar o tráfico de drogas na localidade estaria sendo comandada pelo criminoso Caio Siqueira Ribeiro, conhecido como ‘Caio Piloto’, de 24 anos.

No entanto, ao DIA, um amigo de Leonardo disse que o jovem estava na garupa de uma moto com um colega que havia sido ameaçado de morte recentemente. “Veio um carro atrás deles e efetuaram disparos. O colega que estava com ele foi para o hospital e ele morreu na hora”, disse. A reportagem procurou a Polícia Civil para saber se houve o registro de mais uma vítima na ocorrência, mas ainda não teve resposta. 

A Polícia Militar não registrou uma segunda vítima na ocorrência. “Policiais do 31ºBPM foram à Estrada Roberto Burle Marx, em Barra de Guaratiba, onde localizaram um homem em óbito. A área foi isolada e a perícia acionada”, disse por meio de nota.

Ainda segundo esse amigo do jovem, que preferiu não se identificar, Leonardo foi paraquedista e estava trabalhando como motorista de aplicativo. Para complementar a renda, o rapaz comercializava passeios de lancha em Barra da Guaratiba. Nas redes sociais de Leonardo, é possível ver ele realizando serviços como piloto de lancha. 

Horas antes de ser encontrado morto, Leonardo publicou uma sequência de vídeos deitado na areia da praia de Barra de Guaratiba, sozinho. “Ele era uma pessoa incrível, que amava sua família e amigos. Não tinha vícios nenhum e também não tinha envolvimento com nada ilícito. Sempre trabalhou desde novinho e estava conquistando suas coisas honestamente”, afirmou o amigo de Leonardo.

Nas redes sociais, outros amigos e familiares do jovem escreveram sobre ele. “Mais que um filho para mim. Descanse em paz”; “Por que fizeram isso com você, meu irmão? Quem te conhece sabe a pessoa maravilhosa que você era”; “Muito triste, um rapaz cheio de vida”; “Você foi um exemplo de irmão, filho, tio, padrinho. Um menino ótimo. Tenho orgulho de ter vivido na vida dele por dez anos. É muito difícil de acreditar”.

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Latest article