PIX sem internet: como enviar?

Veja também
Digleison
Digleison Silva é radialista, comunicador da Rádio Grande Rio 1560 AM. Aqui no Jornal RIO, ele escreve sobre política, esporte, emprego e entretenimento.

Pix sem internet? Bom, sem dúvidas, desde que começou a ser utilizado, a opção de pagamento PIX vem facilitando a vida dos brasileiros em transações financeiras. A saber, com apenas alguns toques já é possível enviar ou receber o seu tão esperado dinheiro.

Descubra: melhor aplicativo para clonar WhatsApp

A princípio, esta super e nova modalidade de pagamento, funciona até mesmo aos finais de semana e feriados. O que faz do PIX uma excelente opção em transação.

O sistema de pagamento instantâneo foi oficialmente lançado no dia 5 de outubro de 2020, começando o seu funcionando no dia 16 de novembro do mesmo ano. Até o momento, o Banco Central determinou que o sistema seja gratuito para pessoas físicas.

Tá sabendo? Confirmado NOVO limite no valor de R$ 2 mil pela Nubank

No entanto, pessoas jurídicas, pagam taxa de 0,99% sobre o valor da transferência via PIX, mas, limitado a R$ 1 e ao máximo de R$ 10.

AGORA, É POSSÍVEL ENVIAR O PIX SEM INTERNET?

É, esta é uma pergunta que, sem dúvidas, muita já gente de deve ter parado para pensar. O PIX é rápido, mas, só funciona com o auxílio de internet.

A boa notícia é de que, a partir de 2022, conforme o Banco Central anunciou, isso vai mudar. Novas funcionalidades serão acrescentadas ao serviço.

O que sabe até agora é que as transações financeiras envolvendo o PIX sem internet serão iniciadas por QR code. Não há muitos detalhes técnicos sobre este assunto. Mas, em 2022, isto será real.

O QUE ESPERAR DO PIX EM 2022?

Segundo as previsões do BC, além do uso offline, em 2022 também será possível realizar transferências internacionais e débito automático.

Além disso, compras, sem precisar trocar de aplicativo para finalizar pedidos, também devem ser facilitadas.

Mais Notícias

Supervia anuncia aumento na passagem: R$ 7,00

Prepare o seu bolso! Prepare o seu bolso porque a Supervia anunciou um “super aumento” na passagem que, segundo...

Mais artigos como este