Um levantamento feito, por meio de cruzamento de dados oficiais do Governo Federal, indica que cerca de 1.764 pessoas podem ter recebido doses vencidas da vacina AstraZeneca na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
Pelo menos, segundo o levantamento, 686 pessoas são da capital (incluindo pessoas que se vacinaram no Hospital Pedro II, em Santa Cruz) e 852 do município de Nilópolis.

As secretarias de Saúde destes municípios trabalham em conjunto para apurar se houve a aplicação das doses vencidas.

Veja também: Casa & Vídeo abre diversas vagas de emprego no Rio


No site coronavirus.rio/noticias, a Secretaria Municipal de Saúde diz que recebeu os lotes de vacinas do Ministério Público dentro do tempo de validade e os repassou sucessivamente às unidades de Saúde da capital.


No entanto, a SMS-RIO informou que está apurando se, de fato, houveram algumas aplicações das doses depois do vencimento. Além disso, o órgão elaborou uma lista com data de aplicação da vacina, data de nascimento e os primeiros dígitos do CPF das pessoas que foram imunizadas.


E é exatamente nesta lista que, o Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, zona oeste do Rio, aparece com frequência. Você pode conferí-la clicando neste link.


Em tempo, a Prefeitura orienta que “quem estiver na relação pode aguardar o contato da equipe de saúde ou, se preferir, procurar a unidade em que se vacinou na segunda-feira (05/07), a partir das 11h, para verificar se houve um erro no registro, que será feito o ajuste”.


E finalizou afirmando que “em caso de constatação de que recebeu de fato dose vencida, será realizada a revacinação”.

Tag: Hospital Pedro II