A vida de Felipe Duarte – conhecido nas redes sociais por @feliphetavares – ganhou os holofotes recentemente quando o técnico de enfermagem, socorrista de emergência e estudante de 26 anos passou a ser confundido com a versão humana do famoso Ken, o partner da Barbie.


O posto ficou vago depois da morte de Celso Santebañes que que ficou internacionalmente conhecido como Ken Humano e que o brasileiro Rodrigo Alves, depois de 72 cirurgias para parecer o boneco, completou um ano desde o início de sua transição de gênero.


Diferente de Justin Jedlica, outro que se autointitula versão humana do boneco abusando das cirurgias para tal, o carioca nascido e criado no Rio de Janeiro, morador da Zona Oeste, na Pedra de Guaratiba, recorre apenas à maquiagem para a transformação.


Atualmente morando em interior do Mato Grosso – na cidade de Diamantino, ao lado da capital, Cuiabá – Felipe já tem um grande público de 11k no Instagram mas promete ir ainda mais longe. “Com criatividades e alegria, pretendo contagiar o público com vídeos criativos”, reitera o enfermeiro que viralizou após postar uma foto similar ao Ken humano.