Na reta final da Série B, um atacante ganhou mais espaço no Botafogo: Warley. Antes considerado 12º jogador, o ponta aproveitou ausências de atletas mais cotados da posição para cair nas graças do técnico Enderson Moreira. Tanto que foi titular em oito das últimas 10 rodadas do campeonato.

Warley quase saiu na barca do início de 2021, quando o grupo foi reformulado para jogar a segunda divisão. Teve nova chance, ganhou espaço no elenco e, agora, é cotado para permanecer no clube nos planos iniciais para o retorno à elite do futebol brasileiro. Tudo por conta do melhor nível das atuações nesse segundo semestre.

Antes contestado pela torcida, o atacante virou uma das principais armas de velocidade da equipe. A afirmação chegou junto do novo treinador, Enderson Moreira, com quem o atleta subiu de rendimento. No geral, são 41 jogos, cinco gols e cinco assistências para o velocista, que começou a carreira como lateral

Vice-líder, Botafogo tem o melhor ataque da Série B

Warley até começou a temporada como titular, mas perdeu a posição com a chegada dos reforços. Ficou com status de reserva imediato da posição com o antigo treinador, Marcelo Chamusca, e também no início do trabalho de Enderson. O cenário mudou nos últimos 10 jogos, com três gols marcados, assistências e atuações importantes.

O desempenho melhor chega em boa hora para o jogador. Warley está em fim de contrato com o Botafogo, que ainda avalia os nomes do atual elenco que permanecerão em 2022, com o provável acesso à Série A. O Botafogo divide pela metade os direitos econômicos do atacante com o Santa Cruz, clube que revelou o atleta. Às 21h30 (de Brasília) desta terça, ele é cotado para estar no time que vai enfrentar o Goiás, na Serrinha, pela 32ª rodada.